terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Consulta com Neuropediatra

A Dr Mariane, no Cenep do HC de Curitiba confirmou nossa desconfiança e o Eric tem autismo.
O grau, a gravidade só o tempo irá dizer.
Como eu já chorei muito pelo mesmo motivo muitas vezes agora é só seguir em frente.
O que confirma o que aquela mulher me disse um dia qdo eu estava gravida:
- Essa historia do que importa é que tenha saúde não é certo.
O que importa é que tenha amor.

18 comentários:

Fê!!! disse...

Pri....ele tem muito amor!E muito amor é realmente o que importa!!

CriS disse...

Priscila querida,

Quando vc falou de alguns sintomas dele e até colocou um vídeo dele com a Bianca no colo (você chamava e ele olhava pra tv), pensei que poderia ser autismo msm. Eu tinha um vizinho com autismo 2 meses mais novo que eu e convivi mto com ele e com a família. Passamos nossa infancil juntos. Até hj quando vou pra Fortaleza vou ver ele e a família (gosto mto deles!).
Bom, força meu bem! Vc é uma guerreira e pelo nosso contato virtual, já te admiro mto. Cuida bem muito desse boneco, ele é um rei em perspectiva.
Bjos

Ingrid disse...

Pri, que benção que o Eric tem muiiiiito amor! E tem pais maravilhosos!
Passei o dia ansiosa esperando por notícias... Obrigada por compartilhar... Lembrem sempre que o Senhor não nos da fardo maior do que o que podemos suportar.
Amo voce! Amo o Eric! (e a Bibi e o Capis tbm, Ne!?)

Ellen Raquel disse...

Flor, realmente o que importa é ter amor. E isso, ele tem de sobra :)

Phoenix Luz-Costa disse...

Welcome to Holland Pri, o Eric e muito abencoado de nascer em uma familia que tem muito amor por ele, forcas pra voces. Pelo menos agora nao e mais uma duvida,e sim um alivio na verdade pois depois que temos um diagnostico verdadeiro e' hora de aceitarmos e aprendermos a lidar com o daqui pra frente. O senhor esta e estara sempre com voces, temos que ter fe e confianca nos propositos dele. te amo. Estarei orando por voces. BJos.

Cami Silva disse...

Pri, eu acho que me perdi no meio dos posts e nao percebi que vcs estavam atras desse diagnostico.

tenho um amigo maravilhoso, que na minha adolescencia, nos acampamentos etc era quem eu mais gostava de ficar perto. e ele eh autista, nome dele eh Caio Megre, era da estaca iguacu! Aquele menino tem um coraçao que soh faz as pessoas quererem ficar perto dele!!!

E tenho certeza que com o Eric tb vai ser assim! Como ele eh abençoado por ter uma mae que entende sobre crianças, por ter nascido em um lar onde ja amor !!!

Força e fe!!!

beijinhos

Cami

Jacqueline Bento disse...

PRI,

vou orar muito por vocês e sei que o Pai Celestial vai fortalecer muito vocês, um abraço bem forte e força!
Bjos
Jacque

Mariela disse...

Pri, que noticia pra começar o ano hein? uma boa oportunidade pra traçar metas e recomeçar.
Gostei de todos os comentarios dando apoio, e o que eu diria pra ti é a mesm coisa que a Guigui disse: que o pai celestial nao da mais do que podemos suportar.
Te desejo muita saude e paciencia e amor. Parabens por ter filhos especiais, isso é uma pov de que o pai celestial te ama demais e confia em ti.
Beijo.

Capistrano disse...

Já estamos vivendo 1 dia após o diagnóstico. sou o pai do Eric pra quem nao me conhece. O baque já passou, nós já vinhamos alimentando a expectativa que ele tinha isso. Fiquei de ''luto'' apenas no momento do veredito. Já estamos cuidando direitinho dele, estimulando e graças ao nosso já pre estimulo a neuropediatra disse que ele é uma criança bem desenvolvida, e que com os cuidados frequentes ele poderá ficar muito proximo do normal. Quando estou com ele, nunca penso em limitações, por isso me sinto estranho quando digo que ele tem algo. Nós amamos muito o Eric. E que venha 2012 com muito mais amor e carinho.

Andreza disse...

Oi Pri, sei muito bem o que está passando... Um conselho que vou te dar é nunca comparar o Eric com as outras crianças, no começo é bem complicado eu sempre comparava o Augusto com os outros, mas eles são únicos e especiais!!! Força e se precisar de algo é só falar, já te passo o tel do médico do Augusto. Bjs

milaluz disse...

Achei lindo o que o Capis escreveu...Que paizao! Vcs sao demais... e o Eric eh sem duvida um menininho pra la de especial! Viva o amor e essa familia pra la de linda que eh a de vcs! Porque sera que o Pai Celestial lhes confiou um anjinho desses? Porque vcs sao realmente maravilhosos! Mil bjos!

sissi disse...

tenha certeza que voces foram escolhidos para serem pais do Eric! pois com o amor tudo se supera, até diagnósticos mudam!há nos dias atuais exelentes médicos e tratamentos!um grande abraço Sissi

Priscilla Aquilini disse...

Pri, minha querida madrinha de casório,
Como o Capis falou, o Eric não tem limitações, ele tem na verdade, muito mais proximidade com o Senhor e seus anjos, e olha que benção maravilhosa isso sempre será na sua vida e na de sua família !!!!!!E com os tratamentos oferecidos hoje em dia, e com o amor, carinho, e ajuda que vcs já tem dado a ele, ser autista apenas significará que ele não terá a mesma facilidade que vc tem de fazer amigos, mas isso tbm não quer dizer que ele não nenhum amigo.Uma prova indescritivel do amor do Senhor pelo Eric, foi ter dado a ele uma mãe que tem o evangelho restaurado e que tbm é pedagoga. E uma prova indescritivel do amor do Senhor por ti, foi ter te dado o Eric.
Apesar da luta ser dificil, eu sinto uma "inveja"(não é essa a palavra certa, mas não consegui pensar em outra) de familias que tem uma criança especial em qualquer nivel. Por que sei de 2 coisas: 1 - Essa familia estara sempre cuidada diretamente pelo Senhor e seus anjos. 2 -Eu tenho muito amor para dar a elas.
Quando eu era adolescente queria ser voluntária na Apae, e esse é um projeto que ainda coloco em pratica no futuro.
Uma coisa que as pessoas entendenm errado é a definição de especial nesses casos. Especial para a maioria dela significa diferente.
Com o conhecimento do evangelho, especial significa, mais elevado, separado dos pecados do mundo, uma firme posição ao lado do Senhor no mundo pré mortal, espírito nobre e e vaso escolhido.
Agora que vc já chorou bastante minha amiga(o que não é pecado nenhum !!!) lava bem o rosto, bola pra frente e cabeça erguida !!!! Por que a Priscila que eu conheço não é de lamentações, é de ação !!!
Se tiver qualquer coisa que eu possa fazer por ti e pela tua familia, é só falar !!!
Chega de choro Pri, vamos a luta !!!!!! QUe a vida é luta sem quartel, viver é trabalhar ... trabalhar, trabalhar trabalhar, trabalhar COM ALEGRIA e cantar, pois trabalhando "somos felizes", nossa lei é trabalhar !!!!!!
Te amamos muito
Pri e Dan Aquilini

suzi disse...

o que importa é o amor. Somente o amor e isso ele tem muito! Desejo muita força para vocês!!

http://diariodasuzi.blogspot.com/

Flori disse...

Pri querida, como disseram num dos comentarios, nao compare o Eric com ninguem. Ele vai se superar. E vai surpreende-la. Deus conta as lagrimas das mulheres, uma a uma e as transforma em tesouros e alegrias em seu coracao. E o que eu disse antes, cada um tem seu tempo certo.

Beijos do outro lado do mundo.

Flori

maria/andrea disse...

Como muitos já disseram...vcs são os pais certos e amor é o que não faltará pro seu filhote.
Certeza que ele terá uma vida ótima, será e fará vcs muito felizes.
Nada é por acaso.
Beijos!!

Roberta Pavanelo disse...

Pri, muitas vezes somos surpreendidos nessa vida, mas nunca sem uma razão de ser. Os filhos vem para nos moldar, nos fazer a ser melhores, são criações divinas e o Senhor nos manda para que cuidemos de seus filhos aqui nessa terra. Vc é uma mulher extremamente talentosa e isso fará com que vc se amplie em suas capacidades e habilidades ainda mais. Por um filho, fazemos tudo, até doamos nossa vida. Ele é um doce de criança, muito esperto, querido. Foi tão lindo passar esses dias com ele. Tenha paciência e viva bem um dia de cada vez. Logo vc já se situará em toda essa situação. Estamos orando por vcs.

Cariny Cielo disse...

Há! Sempre disse isso... filho? o que importa é que eles venham!
http://www.sentinelaavancada.com.br/2013/04/imagem-gentilmente-cedida-por-aqui.html

Existem frases que falamos, repetimos e passamos a diante sem sequer nos darmos conta de seu sentido. Uma destas frases já foi dita a mim por diversas vezes e eu já ouvi sendo dita a outras pessoas inúmeras vezes também. A frase é: “o importante é que venha com saúde”.

Quantas vezes ouvimos ou dissemos isto a alguma gestante? Na manifestação da vontade de se ter menino ou menina na hora de gestar tem residido um interesse que parece mais forte do sentido de TER um filho do que de SER mãe. E, quanto a isto, sempre fui meio rebelde (não sem causa)... pois, em resposta a esta frase clichê, eu rebatia: “Que nada. Sem saúde, você deixaria de amar?”

E mais: O que é saúde? O que é amar um filho? Onde e como você guarda sua fé? Afinal, de uma gestação, o que se espera?

...