sábado, 15 de fevereiro de 2014

Semana de ser adulta

Segunda 4h30 da manhã fui para Campo Largo. Minha primeira consulta para a cirurgia bariátrica pelo SUS. Muita espera, muita gente gorda em volta, muita gente magra pós-cirurgia, conversa com o médico e entender que vai ser um processo chaaaaaaaaaaato, demoraaaaaaaaaaaado Consulta com endocrino, psico, nutri, fisio, cardio...4x em cada um. Exames e mais exames, folhas e folhas de pedidos de exames. Consultas marcadas para março, junho, julho, sem data ainda. Uma hora saí. Não tem jeito. Chegou o momento que o peso me faz passar mal TODOS os dias, TODOS os dias e eu me entrego e agora aguardo com ânimo, não importa que seja em dezembro...vou devagar e engolindo minha ansiedade (esse é o perigo)!

O Eric iniciou na creche regular e eu me preocupo, um dia sem comer, outro dia sem comer e beber NADA o dia todo que ficou no CMEI. A Bianca não falou UMA palavra para a professora a semana inteira e ficou uma manhã inteira chorando.

Eu em função nova na escola, bem perdida, de uma sala a outra, de uma aula nova a outra, ensinando os alunos a agradecer na aula de ensino religioso e a fazer monocromia na aula de artes.

E a vida não é isso? Agradecer e a agradecer os vários tons que ela te dá?

Fiquei doente. Acordei enjoada, tonta, triste. Eu quero que meus filhos fiquem bem. Só quero que eles fiquem BEM! Dra Mariane me aconselha, me acalma.

No meio da semana tudo muda. Uma nova resolução da idade das crianças faz o Eric voltar para a professora Carla, repetir o Jardim II com a professora que ele já está acostumado, na sala que ele já conhece. Eric volta a comer.

Bianca fica mais tranquila. Brinca com as amiguinas. Está feliz.

Inicio as aulas do seminários para nossos dois jovens do Ramo e lembro que eu sou uma privilegiada de conhecer o Livro de Mórmons e ter o evangelho de Jesus Cristo na minha vida.

Jesus Cristo. Aquele que sofreu meus pecados, minhas dores e angustias e sabe como socorrer.

O Eric começa as aulas a tarde na APAE tbem e isso me dá 3 tardes sozinhas com a Bianca. Estranho. Estranho pq eu queria o Eric comigo. Escolhi trabalhar somente meio periodo para ficar com eles. Mas bom. Bom pq eu percebo pequenas e notaveis mudanças no Eric. Está falando mais, está super animado, está super feliz. E eu só com a Bi consigo brincar mais, conversar mais, cantar mais, passear, montessoriar com ela. Ela está feliz!

Sim, a vida se encaixa e tudo dá certo. Mantenho a fé e agradeço ao Pai Celestial.

Tudo vai bem nos Prestes!

7 comentários:

mariela campos e silva disse...

Sempre gosto muuuito dos teus posts, gosto de como tu escreve claramente e me faz fazer parte da historia. Me emociono quando vejo a correria e superaçao do ser humano, e ainda mais quando reconhece a mão do pai celestial.
Te admito muito pri!
Abraço

Mariane Wehmuth disse...

Fiquei muuuiiiito mais feliz agora com tudo isso Pri!! Força que tudo vai dando certo!! Bjos

Mariane Wehmuth disse...

Fiquei muuuiiiito mais feliz agora com tudo isso Pri!! Força que tudo vai dando certo!! Bjos

Thais Martins Fernandes disse...

Isso eh que eh ser adulta, o resto eh conversa... Forca na peruca pri!
Bjss

Capistrano disse...

Gostei da parte que disse: vou devagar e engolindo (muita comida 'gasp%)com minha ansiedade (esse é o perigo)! te amo!

Ingrid disse...

Pri, que bom ler post teu bem detalhado. A vida não é fácil mesmo, mas como você falou, se encaixa uma hora e realmente precisamos sempre confiar e reconhecer a mão no/do pai Celestial para/em tudo!

Beijos!

Violet Shibuta disse...

Isso aí Pri! Te admiro!!