sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Book missionário

Recentemente eu estive doente de novo. Minha depressão voltou sob forma de crises de ansiedade e pânico e fiquei afastada do trabalho por 25 dias. Engraçado é que agora que eu estou boa e de volta ao trabalho eu lembro desse período como um borrão, não me lembro bem o que fiz ou senti. 

Mas enfim, o post nao é sobre isso. 

Como eu estava sem trabalhar, resolvi levar os missionários para um parque lindo aqui perto que eu tbem nao conhecia. Chama-se Parque da Pedreira, em Rio Azul.


Em um p-day levei os quatro missionários. Eles fizeram muita bagunça e eu fiquei só sentada numa pedra respirando a natureza e o sossego.
Na semana seguinte eu levei as sisteres.




 Eu tenho uma frustação por nao ter boas fotos minhas da missão. Quando a gente é missionário tiramos só fotos de tonquisse, e nos pdays estamos sempre feiosas então eu nao tenho fotos boa para colocar em porta-retrato, embora eu ame as lembranças das minhas fotos.
Por isso eu falei para as sisteres:
- Não vão com roupa de p-day (p-day é o dia de preparação, nas segundas, qdo nao fazem proselitismo e podem mandar email, fazer compras e descansar), vão bem arrumadinhas que eu vou tirar fotos.
Foi legal demais, tirei muitas fotos delas, ficou bem lindas. Seguem umas fotenhas dos dias que passei lá.
 Quando eu fui com os elderes estava um sol lindo. Uma pena que qdo fui com as sisteres estava tão nublado.

 Amei esse campo de flores do campo...Tiramos milhões de fotos lá.


Beijos

4 comentários:

Ingrid disse...

Que delícia de passei os e que bela recordacão essas missionárias terão atravéz dessas bless fotos,

Ingrid disse...

*belas fotos

Flávia M. Augusto Sphair disse...

Pri, elas vão amar essas fotos, vai ser uma linda recordação!

E claro, vc vai ter que me levar aí um dia.

Bjooo!

Patricia Noel disse...

Pri! Que bom saber que vc saiu da depressão. Como é ruim essa doença danada!!! Eu tive episódios nesse último ano e foi tão difícil... Eu sinto que nem vc ao olhar pra tráz. Uma vez tentei descrever para o Sam como que eu sinto quando estou em crise. Eu falei que é como se eu estivesse bêbada, eu tenho conciência do que estou fazendo, mas não consigo parar... Que pesadelo. Mas fico feliz mesmo que você está melhor. Espero que ela nunca mais volte!!

E que abençoada são essas missionárias. Vão poder recordar dessa época especial e ainda com fotos bonitas!