terça-feira, 28 de abril de 2015

Meu pequeno aluno autista!

Um pouco depois do ano letivo começar, eu deu uma piradinha.

Eu comecei a sofrer. 

O que me fez sofrer foi comparar o Eric com as outras crianças da sala dele. Como professora dele, essa comparação era inevitável e muito muito dolorosa. Mesmo sabendo que eu estava errada, eu não consegui evitar. Comecei a apresentar de novo sintomas de pânico e corri para a psiquiatra com medão de cair em pânico de novo.

Aí quando eu cheguei lá contei tudo que eu estava sentindo AOS PRANTOS, do tipo Ó, COITADA DE MIM, TENHA DÓ! Mas ela não teve e com razão.

- Priscila, você sabe quantas mães não dariam tudo para ter a sua chance se saber exatamente como seu filho esta? Sabe quantas mães não iam querer passar uns minutos só espiando o filho em sala de aula? Conhecer os professores intimamente. Você não percebe a benção que você tem?

TIJOLADA NA CABEÇA...TUMMMMMMMMM

Ela escreveu no receituário assim:

- Crianças especias precisam de mães especiais. Eu sou uma delas.
Leia todos os dias e repita no espelho até acreditar.

Há...tem que adorar uma doutora dessa...hahaha

Não sei se foi o conselho ou se foi ter dobrado a dose do remédio hehehehehe, mas FUNCIONOU.

TÁ, não vou mentir, eu fico um pouco constrangida quando eu vejo ele "autistando" na sala, mas gente. ELE É TÃO FOFO! 

Ontem mesmo, eu estava dando aula de música para eles na aula de artes. Aí eu pedi para eles fecharem os olhos e prestarem atenção nos sons. Todo mundo obedeceu, o Eric não e nem entendeu o que tava rolando. Aí eu falei: 
- Eric, fecha o olho, baixa a cabeça.
Ele deu a risada mais gostosa e linda do mundo e fez o que eu falei como se fosse uma grande brincadeira e eu DERRETIIIIIIIIIII.
Depois os aluninhos cantavam e faziam os gestos e o Eric não, mas ele GARGALHAVA e ria e pulava todo feliz o tempo todo.

É DE MORRER DE AMOR POR ESSE MENINOOOOOO...

ACHO QUE EU VOU EXPLODIR. SÉRIO. EU VOU.

EXPLODIR DE AMOR

O que eu mais amo é que esse meu "aluno autista" está ensinando essa mãe aqui que achava que sabia tudo, a ser professora de inclusão e eu estou amando aprender mais essa com ele.

E COMO EU NÃO TENHO FOTO RECENTE AQUI NO COMP DO MEU PAI, VAI ESSA MESMO!

Te quero no meu colo pra sempre, mas preciso deixa-lo voar. 




Um comentário:

Ingrid disse...

Que lindo!!!