quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Reflexões da MINHA conferência GERAL

Eu sempre fui muito Pollyana. Alguém já leu os livros Pollyana, a menina que só se ferra na vida e só vê o lado positivo de tudo?

Então, como uma boa Castro Deus, aprendi a ver a vida assim.

Mas

Algo me pegou esse ano, e pegou pesado.

Por isso que acho importante eu fazer terapia.

Eu desenvolvi algum tipo de pânico de doença e hospital em geral. Tenho medo de adoecer, de ter que passar por qualquer tipo de procedimento cirúrgico, de sentir dor, de envelhecer.

Costumo brincar que não estou gostando de amadurecer.

Eu odeio sentir medo...e odeio pensar em passar por dor.

Engraçado que eu sempre fui forte para dor, do tipo que não tomava remédio. Hoje eu prefiro me topar. Se eu pudesse dormir eu ia amar.

Eu encarei essa cirurgia de cisto pq eu pensei que seria uma boa oportunidade de enfrentar meus medos e foi mesmo.

Mas a duras penas e ainda não estou curada 100%, acho que nem 50% dessa pira...odeio estar sentindo isso.

Para se ter uma ideia, nao posso nem pensar em engravidar e ter outro filho, pq não suporto a ideia de sentir enjoo....e olha que sempre tirei isso de letra.

No hospital eu caí em desespero 2 vezes, precisando das enfermeiras me amapararem. Eu queria vomitar de tanta ansiedade e raiva de estar passando por isso (e olha que nao é nada grave)
Domingo em casa, tive uma crise feia, do tipo vontade de morrer mesmo...só em pensar que essa vida tem provações, preferia então entrar logo no descanso do Senhor. Lá tem trabalho, mas não tem dor. Ótimo.

Sentiu o tamanho do meu problema agora?

É minhas queridas, de médico e louco, todo mundo tem um pouco.



Aí veio a Conferencia Geral. A da Soc Soc já foi terrível, pense que elas só falaram de enfrentar provações e eu no meu coração pensando

NÃOOOOOOO NÃOOOOOOO PROVAÇÃO NÃOOOOOOOOOOOO que injustoooooo

Aí no domingo em especial, meus pais foram assistir a conferencia geral na Igreja e eu fiquei assistindo pela internet em casa (para saber mais www.lds.org.br)

Desculpa aí mormarada, mas a conferencia foi pra mim viu? hauhauahua

Eu entendi o que o Elder Eyring falou para tirar o argilhao dos olhos. O meus argilhao é o medo. Eu não enxergo as provações como o meio do Senhor me moldar. Até penso que possa ser orgulho meu. Eu preciso entender que não sou perfeita e preciso delas.

O discurso depois dele a mesma coisa. Aceitar a vontade do Senhor.

Ai tive que desabar, me ajoelhar e gritar por perdão ao Senhor. Perdão por não aceitar a vontade Dele em minha vida e ter tanta dificuldade e medo.

Ora pois, o medo é o oposto da fé.

Se tem algo que eu decorei na missão e sei de coração é que o Salvador não tomou sobre si só nossos pecados. Ele tomou sobre si nossas ENFERMIDADES e AFLIÇÕES.

Tenho pensado muiiiiiito nisso. Muito mesmo.

E aí o nosso amado profeta Thomas S Monson encerra com milhares de exemplos sobre como nossas orações são respondidas e eu relembro de cada resposta de oração em cada momento de aflição, em cada pedido, em cada momento de medo.

Cada benção do sacerdócio imediatamente cumprida e respondida.

E me acalmo.

Assim passo por essa experiencia "peculiar" com mais força, mais aprendizagem, mais entendimento, mais paz, mais certeza e principalmente

COM MAIS FÉ!



6 comentários:

Flávia M. Augusto Sphair disse...

Bom, só posso dizer que Deus é tão perfeito que ele faz 1 conferência só, mas exclusiva pra cada pessoa, porque pra mim, eu escutei em todas as sessões exatamente o que eu precisava ouvir.

Não tem sido fácil pra ninguém, então o negócio é termos fé e bom ânimo, e seguir em frente, aprendi isso, especialmente nos últimos 12 meses.

E o pres. Eyring acabou comigo, hahaha, cada palavra do discurso dele foi essencial!

Bjo!

VIVIAN COSTA disse...

Foi realmente uma conferência maravilhosa, como sempre!

Mas tbm não esqueça que essas provações são momentaneas.. e quando menos vc esperar vc vai ter superado esse medo e essa ansiedade.

beijo priiiiiiiiiiii!

milaluz disse...

uma frase me marcou muito na sessao da soc soc ... basicamente dizia, que uma mae, cujo filho foi gerado em seu ventre, pode sim se esquecer dele, mas o Pai Celestial, NUNCA, nunca se esquecera de nenhuma de nos! ele conhece cada aflicao e dor que passamos e esta ao nosso lado!!!
maravilhoso pod er desfrutar de palavras tao verdadeiras !!!

Engenheira Dietética disse...

oi, voltei a blogar. Quando puder, passa para deixar um abraço!!

http://engdietetica.blogspot.com.br/

Juliana

Thais Martins Fernandes disse...

Priii.. eu já tinha visto q vc tinha escrito, mas como o tema era especial eu não queria ler de qualquer jeito.. eu queria estar mais calma e mais espiritual pra ler e pensar...

Eh realmente maravilhoso ver como os apostolos respondem nossas oracoes através de suas palavras, tiveram discursos nessa conferencia que usaram as mesmas palavras que eu usa na minhas oracoes! isso eh, resposta mais especifica, nao poderia ser!

A minha familia tem uma tradicao na epoca de conferencia: ficar doente! ahahah, nao importa se eh nos EUA ou se eh aqui... ou eu, ou o Renan ou as criancas vao estar doentes no final de semana da conferencia! eu sempre fico mega chateada porque eu queria assistir a conferencia com espirito, sem ter q ficar se preocupando com os horarios dos remedios, etc...

mas aih, no meio dessas doenças, das provacoes, sempre vem aquele discurso que muda nossa vida, e que se talvez eu nao tivesse doente, eu talvez nao fosse dar importancia... entao, acho que essa eh a maneira que o Sr. escolheu pra me ensinar...

acho que eh isso!
bjss

ps. falei com minha mae e ela falou para vc usar açucar como remedio.. vc ja ouviu falar disso?

Paty Noel disse...

Pri, obrigada pelo seu post. Creio que todas nós temos nossas cruzes na vida mas o Senhor realmente carregou a de todas nós e sabe como remediar qualquer dor e enfermidade. Obrigada pelo seu exemplo e testemunho. Creio que é bem verdade qdo as autoridades gerais nos aconselham a estarmos em lugares santos e rodeados por pessoas que nos inspiram a ser melhor. Voce é uma das pessoas que eu considero neste circulo que me inspira a ser melhor.

Na missao escutei algo que me marcou pro resto da vida. Um senior Elder falou que na epoca de provacoes era para lembrarmos que "it is during winter that the roots of the trees grow deeper" Achei tao sábio porque eu ví que a epoca em que mais estive perto do Senhor e mais senti que cresci espiritualmente foi nas epocas de bastante provacao. Eu nao gosto de provacao mas pelo menos agora eu sei que depois da chuva vem o sol... entao qdo a chuva chega dá pra animar um pouco porque quer dizer que o sol vai vir logo logo. :)
bjsss