sexta-feira, 20 de março de 2015

Professora do Magistério

Uma pequena histórinha sobre a greve dos professores do Paraná:
- Os professores do governo do estado ficaram 29 dias em greve em um movimento muito lindo e organizado. Graças a esse esforço o governo nomeou os candidatos do concurso DE 2013. A qual eu fui classificada em quadragésimo lugar em Irati (eram 54 vagas, 3,500 candidatos)
Eu fui nomeada dia 09 em Irati e fui até lá tomar posse. Depois, POR CAUSA DA GREVE, foi aberta ordem de serviço para os novos concursados, que é uma remoção provisória.
Pedi para Pinhias, queria a Escola Arnaldo Busato e queria ser professora do magistério. Com algumas conversas, pedidos, visita a escola e ao núcleo EU CONSEGUI A VAGA e comecei a trabalhar ONTEM.


 Uma pequena histórinhas sobre mim:
Quando saiu o edital do concurso do estado e eu morava ainda em Irati, eu fui ao templo. Lá eu posso ouvir a voz do Senhor como se eu estivesse uma conversa com meu pai terreno. É um dom maravilhoso que desenvolvi na missão e sou imensamente abençoada com ele.
Pois no templo, iniciei uma conversa perguntando se eu deveria fazer o concurso, afinal eu já era professora da prefeitura e não queria trabalhar o dia todo, eu não queria muito fazer, mas o Senhor foi bemm enfatico:
- FAÇA, FAÇA, QUERO UM FUTURO MELHOR PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA.

OK. Obedeci, fiz minha parte, estudei 3 horas por dia, fiz toda a novela de cada uma das etapas desse concurso (o mais desorganizado e difícil da história) e aí me mudei para Curitiba e morando aqui eu perdia o concurso.

E aí veio a greve e tudo, tudo se encaixou. TUDO. COMO UMA LUVA.

E aí gente, tem gente que não acredita em Deus. Eu sei que Ele é meu PAI CELESTIAL, que guia minha vida e faz mais por mim do que mereço SEMPRE.

Preparando e dando aulas para o magistério eu me encontrei. Eu estou de novo apaixonada pela minha profissão.

Uma histórinha triste sobre mim:

Ano passado, eu errei e sofri muito na escola que eu estava. Eu tive depressão e início de pânico da escola. Eu precisei de 25 dias afastada, eu sofri, chorei e me fizeram acreditar que eu era horrível, a pior do mundo, imprestável, indigna até. Foi um processo doloroso e de grande aprendizado, mas a medida que o ano letivo de 2015 se aproximava eu sofria de medo de viver isso tudo de novo.

Fui ao templo. O Senhor em disse que eu seria MUITO FELIZ no meu trabalho.

Estou no magistério de manhã pelo estado, pelo município com professora de artes a tarde.
EU ESTOU MUITO FELIZ!!!
Eu AMO as escolas, a equipe pedagógica, estou redescobrindo meu amor, minha paixão pela educação, me sinto valorizada, cuidada, sinto-me acima de tudo GRATA.

Só um testemunho, da grandiosidade do Pai Celestial e sua misericórdia conosco. Tudo que precisamos fazer é se manter fiel durante as provações e tirar proveito e aprendizado delas.
A mão Dele está sempre estendida!

4 comentários:

Etienne disse...

Ownn Pri que dom maravilhoso! E quantas bençaos!!!!!!!! Que bom que esta feliz, fico feliz tambem por vc! Curta muito essa nova fase da vida!

Ingrid disse...

Que post especial, Pri! Que alegria sentir você feliz e realizada!
Amo muito você e estou com saudades!!!

Liane Baum disse...

Seu testemunho me inspira bastante.Valeu muito obrigada.

Liane Baum disse...

Seu testemunho me inspira bastante.Valeu muito obrigada.